Conheça o Rei Momo do Carnaval de BN

Rei da festa em Braço do Norte é manézinho, Pai de Santo, parceiro de festa e apaixonado pelo Carnaval desde novo

O Rei Momo do Carnaval de Braço do Norte já está pronto para a folia. Pai Pequeno como é carinhosamente conhecido, mora no município há 15 anos. Sérgio Murilo de Jesus, 44 anos, é natural de Florianópolis e adotou Braço do Norte, onde casou e se tornou líder religioso, para morar. Além de trabalhar como segurança em uma casa noturna tem um Centro de Umbanda onde atende como Pai de Santo.
Pelo segundo ano consecutivo Pai Pequeno assume a responsabilidade de ser o Rei Momo de Braço do Norte. Conforme Sérgio, seu amor pelo Carnaval surgiu cedo, quando ainda morava em Florianópolis. “Eu amo o Carnaval. Esta festa é a minha vida desde o tempo de Florianópolis onde eu desfilava na Escola de Samba Unidos da Coloninha e posteriormente na Escola Protegidos da Princesa. Às vezes eu vou pra lá e participo do desfile, mas agora minha vida é aqui em Braço do norte onde eu fiz amigos e construí minha vida. Eu amo Braço do Norte e não penso mais em sair daqui”, afirma o Rei Momo.
O Pai Pequeno explica que o apelido surgiu na família por ser o filho mais novo entre nove irmãos e conta que nunca sofreu diretamente nenhum preconceito por conta da etnia negra ou da religião umbandista. “Não sou natural daqui e sou Pai de Santo, então foi mais difícil me adaptar, mas consegui conquistar a todos, até os líderes da região, fiz amizades muito grandes com pessoas de toda a sociedade. Sou uma pessoa boa e de bem com a vida e assim eu consegui conquistar o meu espaço em Braço do Norte. Como rei eu desejo uma ótima festa e nos vemos na avenida no dia 22 de fevereiro com muito respeito. Vamos brincar e festejar”, destaca o Rei Momo.

Rei Momo vai pra avenida de roupa nova

Para o desfile no dia 22, Pai Pequeno conta que terá roupas novas. “Tenho que agradecer a Prefeitura e a Secretaria de Cultura pela oportunidade novamente e também pelo patrocínio para as roupas que estão sendo feitas para o desfile. A confecção tem envolvimento de membros da comunidade da Cohab, e de familiares a quem eu também agradeço. Vai ter coroa, sapato brilhoso, meião e capa. Ficou chique! Tirei os modelos dos Reis Momos do Rio de Janeiro. Vai ter também a barraca do Rei Momo com cerveja gelada. Botei meus filhos pra trabalhar e assim a gente curte o Carnaval e aproveita pra trabalhar um pouquinho também”, conta o Pai de Santo.


Leave a Comment