Cinco funcionários da Cerbranorte são afastados

Justiça determinou o afastamento dos colaboradores da Cooperativa de Eletricidade de Braço do Norte (Cerbranorte) dos seus cargos

Na sexta-feira, 1º de março, cinco funcionários da Cooperativa de Eletricidade de Braço do Norte (Cerbranorte) foram afastados dos seus cargos pela Justiça. A Vara Criminal do Fórum da Comarca atendeu uma solicitação do Ministério Público que investiga possíveis irregularidades na cooperativa.
De acordo com a ação, os funcionários estariam agindo com a intenção de atrapalhar as investigações referente as eleições da Cerbranorte. Um deles estaria diligenciando no sentindo de destruir provas e descobrir quem foram as pessoas que noticiaram os fatos a Promotora de Justiça e a polícia. Já o outro proferiu dizeres em tom ameaçador referindo-se aos filhos de tais pessoas, assim como procedeu a destruição de provas, retirando da sede da Cerbranorte vasta documentação que provavelmente interessaria as investigações. O terceiro também enviou pelo WhatsApp para o grupo da Chapa 1 funcionários, mensagens ameaçadoras. Já os outros dois funcionários estariam intimidando funcionários da cooperativa.
Ao que tudo indica, os advogados dos investigados pretendem ingressar com um mandado de segurança para que eles voltem a trabalhar. Conforme informações do juizado responsável os envolvidos na decisão serão ouvidos nos próximos dias.


Leave a Comment