Casan orienta sobre ligações à rede de esgoto

Braçonortenses dos bairros atendidos por coleta e tratamento de esgoto da Casan devem ficar atentos e fazer a ligação dos imóveis à rede

O sistema de Esgotamento Sanitário, foi inaugurado em outubro de 2017 pela Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) e, desde então, está em operação de forma definitiva em Braço do Norte nos bairros São Basílio, Centro, Santa Augusta e São Francisco de Assis. Porém, muitos braçonortenses atendidos pela coleta e tratamento de esgoto da Casan, ainda não realizaram a ligação de seus imóveis à rede.

Conforme o gerente da Casan de Braço do Norte, Marcos Joa Vieira da Silva, em breve será implantado o programa “Se Liga na Rede” no município, com o intuito de conscientizar e orientar a população e fiscalizar os imóveis ainda não conectados. “O pregão está para sair agora fim do mês, então acredito que no mais tardar até o mês que vem já estamos implantando o projeto. Através desse programa vamos realizar vistorias em todas as ligações onde passa a rede de esgoto. Em breve estaremos fiscalizando e cobrando”, alerta o gerente.
Marcos pede a colaboração dos moradores dos bairros que receberam rede de coleta de esgoto para que façam a ligação de seus imóveis à rede o quanto antes. “É importante lembrar que de acordo com a Lei Federal 11.445/2007 a ligação é obrigatória e que precisa ser providenciada pelo próprio consumidor. Aqueles que ainda possuem alguma dúvida, podem vir até à Casan, que os orientamos. Não precisam esperar iniciar a fiscalização para fazerem as ligações. Sabemos que dá trabalho, gera um certo transtorno, porém é necessário”, ressalta Marcos, que explica que aqueles que não se interligarem poderão ser penalizados. “A partir do momento que o “Se Liga na Rede” estiver funcionando, será realizada a fiscalização e estipulado um prazo para que o morador faça a ligação. E se caso esse prazo não for cumprindo, vamos informar a Vigilância Sanitária, que aplicará uma infração”.
Segundo o gerente a vazão da estação de tratamento de esgoto, comporta até 35 litros por segundo, e atualmente ela está recebendo em média de cinco a dez litros por segundo. “Se todos os consumidores já estivessem ligados, seria muito melhor, até porque o custo do tratamento é igual. Deixo aqui um pedido à população, para que façam a ligação o mais rápido possível. Com essa atitude você está preservando o meio ambiente, visto que a cada R$ 1 investido em saneamento básico economiza-se R$ 4 com a saúde”.

Como fazer a ligação à rede
A Casan tem orientado os moradores para que providenciem a conexão de sua residência ou estabelecimento comercial ao sistema público de esgotamento sanitário. A tubulação proveniente da máquina de lavar, vaso sanitário, lavatório deverá ter sua conexão diretamente a Caixa de Inspeção (CI), já as tubulações provenientes da pia da cozinha e churrasqueira deverão estar conectadas a uma caixa de gordura, após ser interligado à CI. A partir dessa ligação é obrigatório eliminar fossa, filtro e sumidouro.
A Caixa de Inspeção é o ponto que marca até onde a Casan tem responsabilidade sobre o sistema. Na parte interna, cabe ao morador providenciar as adaptações para que possa ser atendido com o sistema público de coleta e tratamento de esgoto.


Leave a Comment